União Europeia prorroga sanções contra a Rússia por mais seis meses

União Europeia prorroga sanções contra a Rússia por mais seis meses

COMPARTILHE

Os líderes da União Europeia (UE) aprovaram nesta quinta-feira (14) a prorrogação por seis meses das sanções econômicas contra a Rússia devido ao envolvimento do país no conflito na Ucrânia e à paralisação de seu processo de paz.

“A UE está unida na renovação das sanções econômicas contra a Rússia”, afirmou o presidente do Conselho As sanções, impostas em julho de 2014 após a queda do voo MH17 da Malaysia Airlines, afetam os setores de energia, financeiro e defesa do país. A investigação sobre o desastre aéreo concluiu que o avião foi abatido por um míssil no leste da Ucrânia disparado por separatistas pró-Russia. Em resposta à retaliação, Moscou decretou um embargo sobre produtos agrícolas europeus.

O conflito na Ucrânia já provocou a morte de mais de 10 mil pessoas, apesar do acordo alcançado em Minsk, em 2015, que supostamente estabelecia uma trégua.

A Ucrânia e os países ocidentais acusam a Rússia de apoiar os rebeldes separatistas no leste ucraniano, inclusive fornecendo-lhes armas. Moscou sempre negou as acusações.

Deutsche Welle

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA